Sou professor

450px-Method_Paulo_FreireHá pouco mais de seis meses leciono e já me decepcionei com a Edcucação! Digo de todo o sistema, dos setores de alto escalão. Eu não sou nada perto deles, sou nada pra eles. Os alunos muito menos…Porque me revolto? Pra começar porque faço meu trabalho que é educar, me dedico a isso e me vem uma certa burocracia, estupidez com fichas e relatórios pra preencher que me fazem perder as mãos, o tempo e a paciencia! Tempo que eu poderia planejar, procurar formas de ajudar meus alunos, mas não: escrevo, escrevo, escrevo coisas inuteis que serão arquivadas, esquecidas e nunca se fará algo para mudar a realidade do que foi escrito.Porque investir na educação?? Perda de tempo… quanto mais professores revoltados, cansados que “empurram com a barriga”  mal esperando a hora de se aposentar,melhor… quanto menos seres pensantes que se formem, menos são os que compreendem, indignam-se e questionam suas imundices! Pra que ensinar a ler se para votar é preciso apenas apertar um botão???

Isso é só um desabafo, não é por isso que me deixo abater, sou nova, ainda tenho sonhos e força pra lutar por eles. Como eu existem muitos pena que não os encontrei… Nehuma palavra minha conseguirá dizer as mesmas coisas que Paulo Freire (esse senhor simpático do desenho que bem que me lembra um certo professor de Tecnologia), por isso termino com um trecho de uma obra sua:

” Sou professor a favor da esperança que me anima apesar de tudo. Sou professor contra o desengano que me consome e me imobiliza. Sou professor a favor da boniteza de minha pratica, boniteza que dela some se não cuido do saber que devo ensinar, se não brigo por este saber, se não luto pelas condições materiais necessárias  sem as quais meu corpo, descuidado, corre o risco de se amorfinar e de já não ser mais testemunho que deve ser de lutador pertinaz, que cansa mas não desiste.”

2 Responses to “Sou professor”


  1. 1 margaretebarbosa 24/06/2009 às 00:54

    Olá, Debora!

    O que eu quero é fazer um comentário bem simples. E para isso, peço a permissão dos poetas e músicos Ivan Lins e Vítor Martins com a letra da música ‘Desesperar Jamais’.

    Desesperar Jamais
    Composição: Ivan Lins e Vitor Martins

    Desesperar jamais
    Aprendemos muito nesses anos
    Afinal de contas não tem cabimento
    Entregar o jogo no primeiro tempo

    Nada de correr da raia
    Nada de morrer na praia
    Nada! Nada! Nada de esquecer

    No balanço de perdas e danos
    Já tivemos muitos desenganos
    Já tivemos muito que chorar
    Mas agora, acho que chegou a hora
    De fazer Valer o dito popular
    Desesperar jamais
    Cutucou por baixo, o de cima cai
    Desesperar jamais
    Cutucou com jeito, não levanta mais

    Fica melhor ouvindo e vendo a música!

    Acesse o link

    Um grande abraço da
    Margarete Barbosa

    • 2 Débora 24/06/2009 às 10:33

      Oi Margarete, obrigada pela visita!
      Adorei a musica, é bem esse o espirito mesmo. Aliás, adorei na voz de Mariana Aydar.

      Bjos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: